Como a Impressão 3D Está Sendo Impulsionada Pela Crise do Coronavírus?

28 de abril de 2020

impressao-3d

À medida que a COVID-19 causa efeitos nas cadeias de suprimentos globais, a fabricação de produtos através da impressão 3D se torna uma forte tendência. Essa tecnologia, além de ser um meio de produção mais sustentável, é capaz de diminuir os processos de produção, custos e a dependência de fornecedores internos e externos.

Nesse cenário, encontrar alguns produtos podem se mais difícil. Por exemplo, em muitos lares, a maioria dos produtos são rotulados como “Made in China”, mesmo aqueles com produção nacional, frequentemente têm insumos de origem chinesa. Muitos destes estão escassos ou sendo redirecionados para o próprio mercado chinês.

Essa crise revelou um alto grau de dependência do mundo em relação à produção chinesa. Não há dúvidas que empresas que dependem só da China estão em busca de alternativas para suas produções, e diante disso, a impressão 3D se apresenta como uma alternativa eficiente na interrupção da produção global. Afinal, a revolução da impressão 3D finalmente vai acontecer? Para entender mais, acompanhe esse artigo!

Impressão 3D e produção eficaz

No início dos anos 2000, apenas algumas empresas e as principais universidades de pesquisa do mundo tinham acesso à impressora 3D. As máquinas eram um pouco inacessíveis, tanto pelo tamanho quanto pelo valor de uma impressora, ambos enormes na época. O uso acaba sendo mais restrito envolvendo peças experimentais e objetos de pesquisa. 

A prototipagem rápida, conhecida popularmente como impressão 3D, evolui muito ao longo dos 30 anos da sua criação. O tamanho das máquinas diminuiu, o processo de produção se tornou mais rápido e preciso. A redução do preço das impressoras e de seus insumos também favoreceu o mercado de produtos 3D. Especialmente, nos últimos anos, as impressoras ganharam destaque nas áreas de medicina, engenharia, arquitetura, aeroespacial e entre outras. 

A impressão 3D, resumidamente, consiste na criação de peças, a partir de um desenho digital, com finas camadas de polímeros (resinas que simulam o plástico) ou outros materiais, que vão se sobrepondo até chegar ao produto desejado.

Esse método de produção não irá substituir totalmente as formas de fabricação tradicionais, mas pode ser utilizado em muitas aplicações para fornecer um projeto com alta precisão de forma rápida. 

Coronavírus acelera uma tendência

Os efeitos dessa crise estão presentes em setores sociais e econômicos. Na China, as atividades industriais foram obrigadas a desacelerar, muitas fábricas estão momentaneamente fechadas. Essa queda abrupta na produção industrial pôde ser observada até em aspectos ambientais; recentemente, a NASA publicou a respeito da redução na poluição atmosférica na China devido à paralisação das fábricas.

Esperava-se que a adoção da impressão 3D fosse um processo lento, à medida a tecnologia ganhasse popularidade e mais produtos fossem impressos. Porém, isso foi antes do coronavírus se espalhar e haver um risco real de muitos produtos esgotarem. Devido ao impacto global da pandemia, muitas empresas estão com suas cadeias de fornecimento interrompidas e as que são dependentes do fornecimento global estão enfrentando dificuldades. 

As interrupções nas cadeias de produção causadas por quarentenas, pedidos de estadia em casa e outras medidas de distanciamento social em países industrializados afetaram o mundo todo. Em muitos casos, as impressoras 3D poderiam preencher essas demandas. Pesquisas apontam que o plástico usado como matéria-prima, está tão avançado que qualquer produto com um número considerável de componentes de polímeros poderia ser impresso.

Na contramão da dependência comercial, mais empresas passam a valorizar a produção local, pelo receio de ficarem sem seus produtos, peças ou insumos. Nos Estados Unidos, esta não é uma tendência pequena. A Amazon agora lista o filamento de impressão 3D, a matéria-prima para as impressoras 3D, em “Amazon Basics“, juntamente com baterias e toalhas. Em geral, há uma economia de 90% a 99% no preço comercial de um produto quando impresso em 3D. 

Um bom exemplo da forte demanda por produtos impressos em 3D, são os equipamentos de proteção individual (EPI). Os Institutos Nacionais de Saúde 3D Print Exchange, um pequeno repositório de projetos de relatividade, cresceu com novos projetos de EPIs. No Brasil a procura por esse tipo de produto aumento consideravelmente nos últimos tempos.

[As impressoras 3D transformam desenhos digitais em brindes, troféus, brinquedos, utensílios domésticos e até equipamentos médicos] 

As impressoras 3D podem contribuir para o fortalecimento da manufatura distribuída, ou seja, o modo de produção descentralizada, praticada por empresas que usam uma rede de instalações de produção geograficamente dispersas e coordenadas através de tecnologia da informação. 

Inicialmente, esperava-se que essa mudança fosse um processo lento. Entretanto, o coronavírus mudou tudo, se essa crise interromper as cadeias de suprimentos e prejudicar a produção internacional, poderá haver uma aceleração da transição para a fabricação de produtos 3D em diversos setores de produção. 

Daqui para frente, serão imprescindíveis meios de produção mais sustentáveis. Acreditamos que ao longo dos próximos anos, a impressão 3D se tornará um dos meios de produção mais eficaz, rápido e preciso do sistema de fabricação.

Solicite seu projeto 3d!

Sua empresa está desenvolvendo um projeto de marketing e se interessou em produtos 3d? Na OALOO já trabalhamos com marcas como Santander, Google, Danone, Smart Fit e teremos o prazer de apresentar a proposta mais adequada para o perfil da sua empresa, ocasião ou evento que você está organizando. Entre em contato no formulário abaixo!

SIGA-NOS

Vamos iniciar seu projeto?

Solicite seu orçamento agora mesmo

2 + 11 =

Somos uma empresa de Impressão 3D em São Paulo formada por profissionais de engenharia, design de produto, marketing, entre outros – Fazemos brindes criativos, troféus personalizados e outras soluções criativas. Precisando de um orçamento de impressão 3D? Entre em contato conosco pelo formulário acima.

Você também vai gostar disso…

Sumário
Como a Impressão 3D Está Sendo Impulsionada Pelo Coronavírus? | OALOO
Nome do artigo
Como a Impressão 3D Está Sendo Impulsionada Pelo Coronavírus? | OALOO
Descrição
A Impressão 3D se tornou uma forte tendência à medida que a COVID-19 causa efeitos nas cadeias de produções globais. Para saber mais, leia este artigo!
Autor
OALOO Impressão 3D São Paulo
Top